Notícia  
Bolsa-Atleta dividida por duas
25/09/2008 - 10h28
O benefício oferecido pelo Projeto Bolsa-Atleta da Suderj é individual. Mas quando a carioca Amanda Maltez, jogadora de vôlei de praia, soube que seria uma das beneficiadas na categoria Potencial Nacional (R$ 1.000 por mês) não teve dúvidas: entrou em contato com a Suderj e pediu para que a parceira dela na dupla, Natasha, também fosse aceita no projeto, cabendo a ela dividir a bolsa a que terá direito.

A atitude aproximou ainda mais a dupla. Ambas têm 19 anos. Natasha mora em Pendotiba (Niterói), enquanto Amanda mora em Jacarepaguá. A dupla treina em Copacabana, com Rejane Cannes, uma das pioneiras no vôlei de praia, e a bolsa de R$ 1.000 vai ajudar a custear as despesas de transporte e alimentação da parceria.

“Se apenas desfrutasse desse incentivo, como seria?”, pergunta Amanda. “Não posso treinar sozinha, muito menos jogar. Acho justo dividir com a Natasha e, juntas, vamos brigar por novas conquistas”, diz ela.

A dupla foi campeã carioca sub-19 em 2007 e, em 2008, já na categoria sub-21, conquistou o título regional e o brasileiro. Este ano, elas ficaram em sétimo lugar no Mundial, realizado em Brighton, na Inglaterra. Natasha e Amanda estão juntas há apenas dois anos e vieram do vôlei de quadra: Natasha jogava no Flamengo e Amanda, no Fluminense.

“A gente já se conhecia e sabia do potencial, uma da outra. Quando decidimos sair para a praia foi uma decisão muito bem pensada e temos confiança que vamos conquistar muitos torneios. Ainda mais agora, em que conseguimos nosso primeiro patrocínio, com este apoio da Suderj”, finaliza Amanda.



Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados